quarta-feira, 18 de maio de 2011

Candidatos do PSD visitaram Vila do Bispo

Os candidatos do PSD pelo círculo eleitoral de Faro dedicaram o dia de ontem aos concelhos do barlavento, tendo visitado Aljezur e Vila do Bispo.
O dia começou com uma visita a Aljezur, para contactos com a população local. Os candidatos do PSD Algarve foram ouvindo as queixas das pessoas, nomeadamente as motivadas pelo Plano de Ordenamento do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Mendes Bota, cabeça-de-lista do PSD Algarve, não poupou as críticas a quem aprovou o Plano “nas costas da população e das autarquias envolvidas”. “É inacreditável que o cabeça de lista por Faro do PS, João Soares, tenha vindo a Aljezur há quatro dias prometer desfazer o que o seu próprio partido aprovou há três meses”, afirmou ainda. “É uma falta de consistência política”, concluiu.

Da parte da tarde, os candidatos do PSD Algarve às próximas legislativas deslocaram-se a Sagres onde foram conhecer um dos empreendimentos turísticos mais recentes da região, o Martinhal Beach Resort, que emprega cerca de 250 pessoas na época alta. Para Mendes Bota “este projecto é um farol na actividade turística do Algarve. São projectos projectos de qualidade como este que merecem o privilégio da sua localização”.

No porto de pesca de Sagres, a comitiva do PSD Algarve ouviu as queixas de Jorge Rosado, presidente da Associação de Armadores de Pesca de Sagres, sobre o novo plano de segurança social, implementado pelo Governo do PS, para esta classe profissional. “O chamado Código Contributivo comprometeu a sustentabilidade da pesca artesanal”, afirmou o cabeça-de-lista do PSD pelo círculo eleitoral de Faro.

Este é um assunto caro a Mendes Bota que já por diversas vezes levou à Assembleia da República, e que considera ser uma injustiça. “Não faz sentido que os proprietários das embarcações sejam obrigados a pagar a segurança social independentemente de poderem trabalhar ou não”. Por isso, o PSD defende “uma alteração deste regime, e o apoio à regularização das dívidas à Segurança Social, provocadas por este novo Código, com redução de juros e pagamentos em prestações”.

6 comentários:

JOSE disse...

Desejo uma boa campanha, trabalhar para ganhar, tudo de bom para Todos.

Anónimo disse...

Como diria Dupont:

"eu diria MAIS" um rol de mentiras...
ou não fosse a escola a mesma.

PSD Vila do Bispo disse...

Em Auscultação às preocupações manifestadas por várias Associações representativas das atividades económicas ligadas ao mar, Pedro Passos Coelho colocado perante o problema do novo Código Contributivo para a Segurança Social que afeta os pescadores, tal como as implicações do Plano do Parque Natural da Costa Vicentina na pesca, duas das questões colocadas pelo presidente da Associação de Pescadores de Sagres, Jorge, diretamente ao candidato a 1º Ministro, obteve como compromisso a Revisão do Código Contributivo, por considerá-lo incorreto e Injusto, e a revisão da política do Ordenamento do Território e Ambiente, nomeadamente o revisão do Plano do Parque, que enferma de várias anomalias, como são já do conhecimento de Passos Coelho e do recandidato a Deputado Mendes Bota.

Um palavra de apreço ao Jorge que, de viva voz com o futuro 1º Ministro, soube representar condignamente a sua classe e os problemas que os preocupa.

Uma saudação especial a um homem que traz uma nova forma de estar na política. Uma forma séria e honesta, de saber ouvir, de saber entender os problemas e comprometer-se apenas com o que merece e pode ser mudado e não cair na tentação de outros de tudo prometer, de forma demagógica e eleitoralista.

Passos Coelho, é a mudança que o País precisa para uma nova forma de fazer política e de governar. Fazer o que é necessário, com os recursos de que dispomos. Sem Demagogia, sem promessas fáceis e falsas. Sem iludir as questões e sem iludir as pessoas. COM UMA POLITICA DE VERDADE E UMA ATITUDE DE REALISMO. COM A ATITUDE DE UM POLITICO E CANDIDATO A GOVERNANTE, SÉRIO.

É O 1º MINISTRO QUE PORTUGAL PRECISA.

Anónimo disse...

Será que se ganhar respeitará a sua palavra de honra,sobre estes dois compromissos:revisão do Código Contributivo e revisão do Plano do Parque.É que sendo eu também pescador estou a ser bastante prejudicado e afectado com estas duas (leis)se assim se pode chamar,uma delas (plano do Parque)que no meu entender foi feita sem qualquer estudo relacionado com o mar e sem conhecimento,ignorando a sabedoria e experiência dos pescadores,sem que para isso tivessem sido consultados,baseando-se apenas em teorias da biologia e de biólogos em que a sua experiência e conhecimento do mar e com o peixe é pouca ou nenhuma.apenas e só com o intuito de deixar o seu nome numa lei por ele ou eles idealizada,prejudicando e ignorando fortemente o "triste"do pescador que vai para a sua fauna em busca do seu sustento e na maioria das vezes sem saber se regressará ao seu lar.Enquanto estes ditos senhores de tais leis têm o seu chorudo ordenado ao fim do mês.Uma vez que já desabafei vou mudar de assunto;Embora esteja a comentar como anónimo,quero aqui deixar bem explicito espero bem ir dar o meu voto a quem de alguma forma se interessou e prometeu ir rever estas duas (LEIS...TORTURAS)para com os pescadores,idealizada e assinada pelos discípulos de SÓCRATES...
Um bem haja a PASSOS COELHO.

Anónimo disse...

vai tude abaixooooooooo

Anónimo disse...

espero que o PSD vença as eleicoes nao so as legislativas mas tambem as proximas autarquicas em vila do bispo. nao sou do psd mas reconheco que tem feito um grande trabalho no nosso concelho.
parabens ao gilberto viegas, ao jovem nuno rio e a todos os que estao em funcoes que de uma forma empenhada e responsavel nos tem defendido